revenda de maquiagens

revenda de maquiagens
revenda de maquiagens

Venda direta para revenda de maquiagens ainda dá certo?

Todos os produtos de beleza da Avon, O boticário ou outras marcas de cosméticos brasileiros oferecem um sistema de representação, onde o inscrito pode revender e entregar os pedidos, esse procedimento pode ser chamado de venda direta.

Nesse mesmo formato de trabalho, não podemos listar apenas as empresas de maquiagens ou beleza em geral, mas sim todos os revendedores que trabalham representando e entregando uma marca. Pode ser um vendedor de colchoes, um vendedor de cursos, vendedor ambulante e assim por diante.

No entanto, o conteúdo principal deste texto é para falar sobre empresas que oferecem o sistema de afiliação ou representação. Todavia, as dicas podem ser implementadas também em outros projetos similares.

Porque a venda direta de cosméticos ainda funciona

A maior parcela de comprados de produtos através do sistema de vendas direta é a classe C. Por mais que algumas marcas estejam migrando parte do seu comercio para vendas online, a arrecadação com as consultoras ainda é muito superior.

Esse dado explica por que Natura, Eudora e companhia continuam investindo tão alto em tecnologia para facilitar a vida das representantes.

No caso do Grupo Natura, para fazer pedido Natura a empresa dispõe de dois canais diferentes, no site ou pelo aplicativo disponível para Android ou iPhone.

Além disso, tanto pelo site quanto pelo App, a consultora consegue fazer várias operações, dentre elas: Checar o rastreamento do pedido, solicitar uma segunda via para pagamento, checar as promoções e muito mais.

Saindo um pouco do Grupo Natura e falando de outras empresas, a Eudora também investiu em um aplicativo muito maneiro para fazer os pedidos, checar promoções, resgatar brindes, acompanhar o rastreio e muito mais, tudo sem custo nenhum!

Além da Natura e Eudora, todas as outras marcas estão deixando os seus serviços cada vez mais próximo das consultoras e clientes.

Revender produtos funciona em qualquer lugar?

Não tenha dúvidas disso, antes de ler mais o conteúdo, responda a seguinte pergunta: Lembra de alguma marca famosa de produtos de beleza além das citadas acima?

Acredito que você tenha se lembrado ou ficou na ponta da língua. De qualquer forma, o mercado de produtos de beleza ainda é bem pouco explorado no Brasil.

Para quem está começando ou pensando em iniciar agora, o primeiro passo é conhecer o terreno onde você está pisando. Por exemplo, tem quantas pessoas que revendem produtos em sua lista de conhecidos? Quais as marcas?

Sabendo das informações acima, fica mais fácil definir com qual empresa você deve trabalhar e qual caminho seguir. No entanto, se mesmo que tenha várias pessoas vendendo para alguns de seus conhecidos a mesma marca que mais te atrai, sempre vai sobrar um bom campo para você atuar.

Além disso, as marcas estão lançando diversas campanhas para ajudar a você vender seus produtos pelas redes sociais.

Tem uma melhor empresa para trabalhar?

Se pensarmos em número, a maior parcela de revendedoras e clientes estão vinculadas a Avon. Com essa informação em mente, você pode fazer duas coisas. Vender para quem tem mais clientes ou se focar em uma marca menos competitiva.  

Falando sobre vender ou não vender Avon, o diferencial dessa marca é que ela investe bastante em propagandas e os seus produtos são bem recebidos pela grande maioria das clientes. A principal desvantagem é que você pode viver em uma cidade com muita concorrência.

Por outro lado, trabalhar com marcas mais recentes ou com menos revendedoras pode te trazer mais lucro no começo.

Dessa forma, analise bastante o campo que você deseja explorar com uma marca especifica. Se em sua lista de contatos não tiver ninguém que trabalha com ela, a chance de você engrenar nas vendas diretas será grande.

No entanto, não estamos falando que o único ponto que deve ser analisado é se sua lista de contatos tem algum vendendo marca A ou marca B. O que estou tentando dizer é que até você se firmar uma representante de tal marca é preciso começar por ela.

Outro ponto importante para ser avaliado na hora de escolher uma marca para revender é o valor da comissão paga. As principais marcas pagam em médio 30% do valor, ou seja, de cada R$50,00 em produtos, R$15,00 ficará para quem vendeu.

Se você está pensando em representar empresas que pagam menos que 30%, apenas valeria a pena se os produtos fossem caríssimos, o que não é o caso dos produtos de beleza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima