Dicas de Produtos e Serviços para vender no inverno

Dicas de Produtos e Serviços para vender no inverno

O verão chegou ao fim e sabemos que diversos produtos e serviços ficam sem ter saída, por conta da estação quente ter chegado ao fim. Mas, quem é empreendedor tem que se reinventar e ir em busca de outros tipos de produtos para vender no inverno.

Pensando nisso, preparamos uma lista com vários produtos e serviços que vendem muito na estação fria.

1. Produtos Alimentícios

No inverno, as pessoas comem mais e, ao mesmo tempo, aumenta a procura por alimentos quentinhos como sopa, escondidinho, acarajé, abará e até coxinha.

Eis aí uma oportunidade para faturar boa grana…

Também percebemos que, com o distanciamento social e com as medidas para conter o vírus, surgiram novas modalidades de trabalho: em especial o delivery.

Entregar alimentos por encomenda, na casa do consumidor, pode ser uma oportunidade a mais para faturar neste inverno.

O segredo para o sucesso nas vendas é trazer alimentos fresquinhos, bem preparados, além de contar com atendimento rápido e diferenciado.

Já para quem tem experiência na produção de doces, como o caso dos confeiteiros, esse período também traz oportunidades maiores basta inovar e divulgar o serviço.

2. Roupas e acessórios

Ao iniciar o período frio, as pessoas saem em busca de roupas quentes para suportar a frieza. Aí está uma oportunidade de bons negócios para quem empreende.

Já que a demanda aumenta, montar um negócio para vender roupas e acessórios para o inverno é certeza de bons negócios. Também é uma forma de passar essa época, que geralmente é mais difícil de ganhar dinheiro, com uma atividade de trabalho.

Calças, blusas e jaquetas são itens bem procurados no inverno, assim como acessórios dos tipos: meias, toucas, Cachecóis, etc.

Também acessórios de cama são bem vendidos nesta época, pois as pessoas procuram o máximo de utensílios para aquecer o corpo. Leia Também: Roupas para revender direito da fábrica.

3. Serviços como: Manicure, pedicure e cortes de cabelo

Enquanto alguns produtos e serviços param de ser procurados, durante o inverno, vários outros tem alta considerável na demanda.

Serviços de manicure, depilação, pedicure, cortes de cabelo e de barba tem alta significativa neste período. Isso ocorre porque muitas pessoas que faziam esses tipos de procedimentos em ambientes apropriado, agora preferem no conforto de suas casas.

Se você é um desses profissionais, não perca tempo, comece a atender em domiciluo também é aumente sua renda.

4. Reparos de utensílios domésticos

Pessoas que são especializados em reparos em chuveiros, fogões, vedação de casa e consertos de bicas, podem se preparar para ganhar dinheiro nesta época. Isso porque.

Geralmente, as pessoas só percebem que tem que corrigir problemas como esses, em suas casas, justamente no inverno.

Quem trabalha com Instalação de aquecedores, faz reparo em rede elétrica da casa e até faz limpeza em chaminés e lareiras de casas também pode faturar uma grana legal.

5. Aulas na casa do cliente

Aproveite suas habilidades para gerar uma renda neste inverno. Se você sabe fazer algo como tocar violão, falar inglês ou mesmo

domina matérias como língua portuguesa e matemática aproveite isso para prestar serviços e ter boas comissões.

Também tem uma série de outras atividades que, se você dominar poderá te trazer ainda melhores rendimentos como como adestramento de cães ou se você é um Personal Training.

Estratégia para faturar com seus serviços

Uma maneira sábia de ter o melhor resultado possível é divulgar esses serviços em grupos no Whatzapp e nas redes sociais.

Também fazer cartões e panfletos, para serem entregues, vão ajudar na divulgação e muitos vão saber de seus serviços e contratá-lo. O segredo nas vendas é a divulgação.

Outras formas para ganhar dinheiro no Inverno

Existem uma infinidades de maneiras de como ganhar dinheiro no inverno As dicas que passamos logo acima foram de produtos e serviços para serem vendidos no inverno, porém existem outras atividades que também são muito vantajosa e você poderá realiza-las de dentro de sua casa. Veja algumas delas.

· Redator freelancer

Este é o termo dado ao profissional que é contratado(a) para trabalha com redação de textos, geralmente, essa pessoa escreve artigos para sites e blogs. O contratante já tem uma pauta definida que passa para o redator.

Esse trabalho requer, além das habilidades na escrita, um computador com conexão com Internet. Mesmo com computadores e notebooks com configurações básicas da para realizar esse tipo de trabalho normalmente.

Se você tem habilidade de escrever, de acordo com as normas culta, poderá comecar a ganhar boa grana independente da estação do ano.

Atualmente, existem sites para freelances onde a pessoa se cadastra e pode vender seu serviço, sem necessidade de vínculo empregatício.

· Blogueiro

Para se tornar um Blogueiro o primeiro passo é gostar de escrever. Se você entende de um determinado assunto ou é um profissional, que tal compartilhar seus conhecimentos em um blog?

O melhor de tudo é que, você poderá ter resultados financeiros com esse novo trabalho. Também você poderá trabalhar o horário que quiser e no conforto de sua residência.

· Se tornar um Youtuber

Qualquer pessoa pode se tornar um YouTuber. Essa profissão consiste em gravar vídeos e publicá-los na plataforma. A pessoa basta criar um canal, ter alguns equipamentos para youtuber, mesmo básico, e começar a criar conteúdos.

Se você é criativo ou tem certas habilidades profissionais poderá usar seu conhecimento para ensinar no YouTube. E, com isso, você poderá monetizar seu canal e faturar.

Porém, para ter resultados financeiros é preciso fazer algumas ações importantes como criar um roteiro para cada vídeo e trabalhar o seo de cada vídeo que subir.

· Consultoria online

É um tipo de trabalho que você pode fazer de sua casa, sendo possível abrir uma empresa de consultoria da área que você desejar.

Porém, para que tudo der certo e as coisas caminhem bem, é aconselhável que você entenda e domine o ramo que pretende atuar e a consultoria deverá ser realizada de maneira eficaz.

O que achou dessa lista com produtos para vender no inverno? Você já realizou algum desses trabalhos. Deixe sua opinião logo abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *