Consórcio: como ser aprovado no pedido de consórcio

Se juntar a um consórcio é uma operação relativamente simples, pois não é exigido nenhum tipo de garantia. Porém, no momento em que usuário é contemplado por meio de sorteio ou lance para receber o valor para aquisição do bem, há alguns passos e critérios a serem seguidos para ter seu crédito liberado e efetua a aquisição do bem, objeto do consórcio.

Apesar dos critérios variarem entre as instituições administradoras do consórcio, veja nesse artigo quais os critérios mais comuns para obter a carta de crédito referente a sua cota.

Documentação pessoal

Dependendo do tipo do consórcio pode ser solicitado algum documento extra, porém os mais comuns são: cópia da carteira de identidade ou da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), cópia do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou se o contemplado for uma empresa, cópia do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), comprovante de residência atualizado e em nome do contemplado, comprovante de renda.

Garantia de quitação das parcelas

Os consorciados podem ser contemplados logo no início do período do consórcio, restando quase todas as parcelas para serem quitadas. Algumas instituições solicitam alguma garantia de pagamento antes da liberação do crédito. Essa garantia pode ser por avalistas ou por algum bem.

Documentação do bem a ser adquirido

Além dos seus documentos pessoais o consorciado deve apresentar a documentação do bem que irá adquirir. No caso de veículos, por exemplo, é necessário apresentar as informações de modelo, ano, marca, etc.

Comprovante da compra

Muitos consórcios não depositam o dinheiro diretamente para o consorciado, normalmente a administradora realiza o pagamento diretamente para a empresa que fornece o bem objeto do consórcio.

Caso você decida não utilizar seu crédito, após a contemplação, poderá convertê-lo em dinheiro. Para isso, você deverá pagar todo o seu saldo devedor.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *